01-07-2016 III Encontro DNA apresenta as alternativas rentáveis no campo

A Cooperativa Agrícola da Zona do Jau ( Cooperativa de Café ) junto com a Secretaria da Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo têm o objetivo de promover,  com esse evento, o  desenvolvimento de uma agricultura mais voltada para o mercado consumidor, fomentando o empreendedorismo e a diversificação de culturas.
Para o presidente da Cooperativa Carlos Eduardo Nabuco de Araújo a estratégica localização de Jahu, no centro do estado de são Paulo, rodeado por cidades grandes, com bom poder aquisitivo, proporciona um grande mercado doméstico consumidor de frutas, legumes, carnes, etc..., que pode ser abastecido por pequenas e médias propriedades. Assim como a proximidade dos portos, abre o acesso ao mercado internacional de cereais, cuja crescente demanda por soja e milho tem proporcionado uma excelente rentabilidade para o agricultor. Para ele “hoje no Brasil, nós não podemos falar de desenvolvimento econômico sem mencionar o setor agrícola. O crescimento do agronegócio nacional abastece as mais variadas demandas por alimentos no mundo e a cada ano que passa, deve crescer e se consolidar”.
O Encontro DNA será realizado no pátio da Cooperativa, em uma área de 3.000m², com cerca de 40 empresas participantes e com uma grade de palestras com grandes nomes do setor.
Segundo Nabuco de Araújo o evento trará toda a tecnologia e as informações que o agricultor necessita para que se sinta seguro para empreender e diversificar. “Discutiremos o desenvolvimento do nosso agronegócio regional. Os palestrantes apresentarão as diversas culturas com bom potencial de desenvolvimento na nossa região, tecnologias de implantação, fontes de financiamento, enfim, o Encontro DNA terá todo o ciclo necessário para agricultor pensar e tomar a decisão.”
Para o presidente o setor agropecuário tem que praticar uma atividade mais rentável, baseada no mercado e com mais tecnologia. Segundo ele a remuneração das terras paulista deve ser compatível com seu valor e exemplifica com o plantio de grãos, “hoje verificamos o crescimento da cultura de grãos, na nossa região,  mais especificamente de soja e milho, na safra e na safrinha respectivamente, onde  um hectare chega a render cerca de R$ 3.500,00 ao ano para o produtor rural. Esse valor é muito superior ao arrendamento e ou o plantio de cana de açúcar, que não alcança R$ 1.500, 00. Por outro lado a olericultura (hortaliças) e fruticultura têm um grande potencial de mercado e de rentabilidade a serem explorados . Outra vertente a ser apontada pelo Encontro será a combinação de cultivos distintos dentro de uma mesma propriedade. A diversificação é uma tendência muito forte e bastante atrativa”.
Para o promotor do evento Caique Paes de Barros o Encontro DNA representa o novo momento da agricultura brasileira que se transformou  nos últimos dez anos. Para ele “a demanda por informações e tecnologias é imprescindível para o novo empresário rural. As possibilidades são muitas e por isso estamos trazendo grandes expoentes para transmitir o que temos de mais importante no país. No evento teremos palestras com o maior produtor de soja do mundo o Grupo Amaggi do Mato Grosso, teremos também o presidente da Orplana que é a principal entidade dos plantadores e fornecedores de cana-de-açúcar, além de pesquisadores e especialistas em fruticultura, pecuária, café entre outros”.
Paes de Barros ainda destaca a exposição de máquinas, insumos e serviços. “Teremos exposição de tratores, implementos, sementes, defensivos, fertilizantes, seguradoras, agentes financeiros que atendem as mais diversas finalidades e cultivos para o empresário rural, em um ambiente profissional e adequado”.

 Serviço:
III Encontro DNA – Desenvolvendo Nosso Agronegócio
Av. Deputado Zien Nassif, 1.616 – Distrito Industrial, Jahu, SP
De 6 a 9 de julho
Dias 6, 7 e 8 das 13h as 20h; dia 9 das 9h as 17h

 Informações para imprensa
Caique Paes de Barros
11 99125 7870



Esta matéria teve 291 visitas até agora. Data da publicação: 22/08/2016

Publicidade