23-09-2016 Conselho Tutelar intensifica fiscalização em festas na cidade

A atuação do Conselho Tutelar de Dois Córregos tem se intensificado nos eventos realizados na cidade. O objetivo é evitar que adolescentes, menores de 16 anos, frequentem as festas desacompanhados de pais ou responsáveis. Além disso, os conselheiros verificam se os jovens fazem uso indevido de bebidas alcoólicas ou entorpecentes.
De acordo com o conselheiro tutelar, Reinaldo Haddad, a atuação tem sido feita em parceria com o Ministério Público e a Polícia Militar. “Quando as festas são legalizadas, possuem alvará e estão dentro das conformidades, o conselho está sempre presente. Ficamos o tempo todo na portaria para verificar se adolescentes abaixo de 16 anos estão com pais ou algum responsável da família. Se estiver acompanhado, o responsável assina a autorização e tem que permanecer na festa até o adolescente ir embora”, explica.
Apesar do trabalho intenso, o conselheiro explica que a complexidade na fiscalização se refere às festas clandestinas. “Elas existem aqui e em qualquer lugar. Nesses casos, nós dependemos de denúncias. À medida que somos acionados, prontamente vamos atender”, afirma.
Segundo Reinaldo Haddad, as últimas portarias expedidas pelo poder judiciário, relativas às festas na cidade, determinam que os menores de 16 anos participem de eventos somente acompanhados por responsáveis. “Eles têm que ajudar na fiscalização junto com a segurança do evento para evitar que os menores façam uso de bebidas alcoólicas ou entorpecentes”, diz.
O conselho tutelar reforça que o primeiro trabalho de orientação é sempre dos pais. “Eles têm que ficar atentos e orientar os filhos do que eles podem e o que não podem fazer. O trabalho preventivo começa pelos pais. Já o conselho e a Polícia Militar fiscalizam de maneira corretiva”, afirma Haddad.



Esta matéria teve 296 visitas até agora. Data da publicação: 27/09/2016

Publicidade