30-09-2016 Editorial: Enfim, o fim!

Enfim, o fim está próximo. Fim para os resultados das eleições, que logo após às 17h do próximo domingo, dia 2, serão divulgados à toda população. E espera-se, que após a definição do novo quadro político da cidade, venha o fim deste cenário vergonhoso vivenciado ao longo da corrida eleitoral deste ano, em Dois Córregos.
Acreditava-se que a democracia existia para dar liberdade às pessoas de voto e, justamente por isso, ele passou a ser secreto. Mas, o Brasil é realmente dos brasileiros. As pessoas têm a falta de caráter de vender o seu direito por uma cesta básica. E, acreditam, que se o candidato a contemplou com isso, poderá lhe dar muito mais quando assumir a prefeitura, certo? Não, errado. Esse dinheiro que ele usa para comprar as cestas, pagar contas, e outros “agrados” aos eleitores, vêm daquele montante destinado à campanha propriamente dita. Quando assumir o cargo a história será diferente. O dinheiro não virá fácil assim, a luta por verbas para a cidade será um desafio e o trabalho constante, ou acreditam que o dinheiro caia na conta da prefeitura sem ninguém correr atrás? Que é um brinde: parabéns, você foi premiado e ganhou tantos mil reais para investigar na sua cidade. Não, não é assim.
Ser prefeito é muito mais do que promessa. Ser prefeito é sinônimo de trabalho. Prefeito não fica sentado atrás de uma mesa em uma sala de ar condicionado. Prefeito viaja em busca de verbas e apoio político. Prefeito visita os departamentos para fiscalizar se as pessoas que selecionou para ajudá-lo nessa caminhada, realmente fazem jus à confiança depositada. Prefeito visita as unidades de saúde, as praças públicas e está sim no meio da população para identificar as verdadeiras necessidades do povo. E a esperança que se tem é de que o novo prefeito use de fato o manto que lhe será dado. Que o vencedor destas eleições saiba que o trabalho, ao contrário do que pensa, nem se quer começou e que a população cobrará, seja esse ou aquele, pelas promessas de governo que foram oferecidas ao longo da campanha eleitoral.
E que as pessoas que se submeteram a papéis esdrúxulos durante esse período, que distribuíram cartas difamatórias, criaram situações falsas para incriminar o concorrente, e se dispuseram a provocar discussões lastimáveis em redes sociais, tenham o mesmo fôlego na hora de cobrar os futuros políticos da cidade.
Que as máscaras sejam desfeitas neste domingo e que a alma decente de cidadão retorne para a posição de onde nunca deveria ter saído. Vergonha já se tem demais nesse país e falta de caráter também. Mais amor e mais paz, por favor. É disso que precisamos.



Esta matéria teve 300 visitas até agora. Data da publicação: 10/10/2016

Publicidade


Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home2/jornalod/public_html/2011/include/bnview.php on line 7



Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home2/jornalod/public_html/2011/include/bview.php on line 7