18-11-2016 Associação dos Produtores rurais inaugura unidade

O plano integra o Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II - Acesso ao Mercado, executado pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) da Pasta, e totaliza R$ 849.216,45 em investimentos. O projeto, que beneficiará 18 produtores rurais do município de Dois Córregos, integrou a terceira chamada do Microbacias II, envolve a construção de barracão e aquisição de máquinas e equipamentos para sistema de beneficiamento, classificação, qualificação e armazenamento de café. Do valor total do plano, R$588.011,52 foi apoiado pelo Estado e a contrapartida foi de R$ 261.204,93.O trabalho da Associação contribui para a produção de café do município, que em 2015 produziu 100.650,00 sacos de 60kg, em uma área de produção de 3.050,00 hectares. “Através desse trabalho de beneficiamento e rebeneficiamento, os produtores tratam do seu produto, agregando valor e dando maior reconhecimento. Eles terão um novo cenário e serão donos do seu próprio destino. Se sonhar é o que faz as coisas andarem, por que não pensar em uma marca própria?”, comentou o secretário Arnaldo Jardim à reportagem. O Programa é executado pela Secretaria da Agricultura e Abastecimento, por intermédio da Cati, e da Secretaria do Meio Ambiente, por meio da Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais (CBRN), com financiamento parcial do Banco Mundial, no valor de US$ 130 milhões, sendo US$ 78 milhões do Bird e US$ 52 milhões do Estado de São Paulo.O deputado estadual Davi Zaia, também parceiro da cidade de Dois Córregos, parabenizou a Associação dos Produtores Rurais pela conquista. “É um prazer estar aqui com todos esses produtores. Essa é uma conquista para a cidade, gera emprego e recursos através do empreendimento”. Representantes da Cati de toda a região acompanharam a inauguração. “É uma conquista enorme para a Associação e para a cidade. Através dessa unidade, eles vão conseguir o que nós queremos através do programa Microbacias, que a agregação de valor. Eles vendiam o café em coco, sem saber da qualidade e nós sabemos que tem uma qualidade superior pelo trabalho que é desenvolvido aqui em Dois Córregos. Hoje eles beneficiam, classificam e vendem o café com um preço muito melhor”, afirmou João André Miranda de Almeida Prado da Cati. “É um privilégio, uma honra para todos os cafeicultores de Dois Córregos o que conseguimos fazer. Todos os produtores ganham com isso, é uma conquista, temos seguro aqui, um lugar correto e podemos atender todos que precisarem”, explicou o presidente da Associação dos Produtores Rurais de Dois Córregos, Pedro Gamba. 

 

 

 

 



Esta matéria teve 73 visitas até agora. Data da publicação: 07/12/2016

Publicidade


Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home2/jornalod/public_html/2011/include/bnview.php on line 7



Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home2/jornalod/public_html/2011/include/bview.php on line 7