25-11-2016 Animais mortos são descartados em estrada rural de Dois Córregos

Segundo o mantenedor da ONG, Alex Parente, trata-se de um grande risco para a saúde público. “Recebemos a denúncia de que uma propriedade rural estava servindo como cemitério de animais. Quando chegamos no local encontramos carcaças de vacas, éguas, burros e tinha até um bezerro dentro de um saco plástico. Tudo jogado à céu aberto. Essa estrada fica a menos de cinco quilômetros do centro da cidade e essa situação traz um risco para a saúde pública.”, explica. 

Para o representante da ONG ARA, os animais não foram mortos no local. “Eles não morreram ali, só foram sepultados. Ficamos preocupados com isso. Apesar de ser uma estrada pouco movimentada, não pode ser usada dessa forma. Qualquer animal morto tem que ser enterrado, não pode ser jogado em qualquer lugar. Se não tiver onde enterrar, procure o aterro sanitário.”, diz.

Alex Parente, que foi eleito vereador para o próximo pleito 2017-2020, pede colaboração dos moradores para que façam denúncias. “Se viu alguém descartando animal, denuncie. Precisamos orientar essas pessoas de que isso não está correto e que jogar os animais mortos à céu aberto traz risco à saúde pública”, conclui. 

 

 

 

 



Esta matéria teve 73 visitas até agora. Data da publicação: 07/12/2016

Publicidade