10-02-2017 Plantação de maconha na cidade

A crise atinge a todos, quanto a isso não restam dúvidas, e parece que essa crise chegou também para os usuários de drogas, que agora pretendem ao invés de comprar o entorpecente, começam a plantar a “erva maldita”.
O fato curioso aconteceu durante patrulhamento da Polícia Civil pela Vila São Pedro na última sexta-feira dia 03 de fevereiro, os policiais encontraram 2 pés de maconha próximo a linha férrea  onde existe uma mata, havia um cercado e vários velhos conhecidos da polícia estavam lá no momento, os investigadores Trevisan e Balivo, acreditam que esses indivíduos cuidavam da plantação, regando e cultivando a planta que já tinha mais de um metro cada.
A Polícia Civil encontrou também um celular próximo ao local, todos foram conduzidos ao Plantão Policial e em depoimento ao delegado Dr. Márcio Moretto, disseram que desconheciam o dono das plantas, “Olha ali é um local que o pessoal usa para fumar maconha, provavelmente tenha caído a semente que deu origem as plantas, mas não plantamos não” frisou o investigado. Foi elaborado um Termo Circunstanciado (T.C) e o rapaz foi liberado, o celular e os pés de maconha que serão destruídos ficaram presos.
Lembrando que o plantio e o cultivo da (Cannabis sativa) nome científico da maconha, de acordo com a lei nº 11.343/06, em seu artigo 28, parágrafo 1º, é crime semear, cultivar ou colher, mesmo que para o consumo pessoal, "plantas destinadas à preparação de pequena quantidade de substância ou produto capaz de causar dependência física ou psíquica". Caso o indivíduo descumpra a norma, neste caso, terá que prestar serviços à comunidade, sendo advertido sobre os efeitos das drogas e tendo que comparecer a programa ou curso educativo.
Conforme o artigo 33, parágrafo 1º, inciso II, do texto legal, semear, cultivar ou fazer colheita, sem autorização ou em desacordo com a determinação legal, de plantas que se constituem como matéria-prima para a preparação de drogas tem pena de reclusão de 5 a 15 anos e pagamento de 500 a 1500 dias-multa.
Os investigadores acreditam que existam outros locais de plantação na cidade, agora irão intensificar esse trabalho de combate também a plantação, realmente como dizem, “não tá fácil pra ninguém”.
 
 

 



Esta matéria teve 107 visitas até agora. Data da publicação: 14/02/2017

Publicidade


Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home2/jornalod/public_html/2011/include/bnview.php on line 7



Warning: mysql_fetch_array() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home2/jornalod/public_html/2011/include/bview.php on line 7