17-03-2017 Projeto que cria Departamento de Proteção Animal é aprovado

Nesta quinta-feira, dia 16, foi realizada às 19h uma sessão extraordinária na Câmara Municipal de Dois Córregos. Na ocasião foram votados os Projetos de Lei Complementar 003 e 004, que tratam da extinção e criação de cargos para o Departamento de Proteção Animal e Ambiental.““A sessão extraordinária foi convocada depois que o projeto, que estava em pauta na sessão da última segunda-feira, dia 13, não foi votado. Segundo os vereadores, eles solicitaram a inclusão de uma emenda no projeto, que altera o nível de escolaridade exigido para os cargos de confiança, que devem ser ocupados no departamento. De acordo com o projeto inicial, a escolaridade mínima exigida era o ensino médio completo.““A situação causou desentendimento entre os vereadores e o presidente da Câmara Municipal, Alex Parente, que também é o autor do projeto. “Eles queriam que a emenda fosse criada na segunda-feira, quando seria realizada a sessão. Mas temos um regimento interno que devemos seguir e lá diz que as emendas devem ser protocoladas na câmara até às 18h da quinta-feira, que antecede a sessão em que o projeto será votado. Eu não me neguei a criar a emenda, só segui as regras”, explica Alex.““A recusa de votação do projeto durante a última sessão gerou polêmica inclusive nas redes sociais, quando foram levantadas hipóteses, de que os vereadores eram contra o projeto e, consequentemente, não apoiavam a causa animal. Segundo os vereadores, essa situação não é a verdadeira. Eles argumentam serem todos a favor e, não votaram na ocasião, porque buscaram melhorias no projeto. De forma unânime, afirmam que para os cargos em questão deveria ser exigido o nível de escolaridade no mínimo técnico ou superior. “Durante toda a campanha o prefeito Ruy Fávaro defendeu que os cargos de confiança seriam dados a pessoas capacitadas. A nossa única intenção é fazer Dois Córregos uma cidade melhor e estamos lutando por isso, unidos”, esclarece Cris Cury.““A emenda foi criada e o projeto foi aprovado por unanimidade durante a sessão extraordinária realizada nesta quinta-feira.

 

 

 

 



Esta matéria teve 25 visitas até agora. Data da publicação: 08/05/2017

Publicidade