31-03-2017 Comerciante fecha as portas para protestar contra ato da Prefeitura

Segundo informações do comerciante a mudança era prejudicial para seu negócio, haja vista que sua loja é de grande movimento, o embarque no local causaria tumulto em frente e dentro de sua loja, além é claro de chamar a atenção de marginais.

Outro problema constatado é que o novo ponto de ônibus ocupou a frente de sua loja e uma garagem abaixo o que seria proibido, segundo informações do proprietário e moradores do local não foi feito nenhum tipo de questionamento para saber se a mudança agradava ou não a população.

No mesmo dia do protesto e colocação da placa na porta do comércio explicando o motivo do fechamento a prefeitura enviou funcionários para efetuar a equivocada mudança, retirou a placa, apagou a pintura de solo e voltou no local anteriormente instalado. Ou seja, gastou material, tempo, aborrecimento e ficou como era antes, talvez seja uma boa oportunidade para começar a fazer mudanças ou melhorias ouvindo a opinião pública que de fato ira aprovar ou reprovar as mesmas, fica a dica.

 



Esta matéria teve 33 visitas até agora. Data da publicação: 08/05/2017

Publicidade