26-05-2017 Câmara Municipal vota reestruturação de cargos

Câmara realiza sessão segunda-feira (29) com 3 projetos em votação. Após sessão extraordinária polêmica na última sexta-feira (19) onde os vereadores não votaram projeto de reestruturação de cargos ficou agendado para próxima segunda-feira a votação em sessão ordinária, serão apreciados 3 projetos de resolução administrativas do legislativo.
Os principais esclarecimentos feitos foram a respeito da mudança no quadro de funcionários que hoje são 6 ao todo, sendo 4 concursados e 2 sem concurso, com a mudança o quadro irá para 7 funcionários concursados e 2 novos sem concurso, 2 funcionários comissionados do atual quadro serão exonerados.
Questionado sobre o aumento de gastos pelo legislativo Alex Parente que é presidente da Câmara esclareceu que os valores pagos pelas atuais contratações não serão ultrapassados pelos novos contratados e que em toda a região é comum a contratação de assessores dos vereadores, mas na sua maioria com assessores individuais para cada vereador e que Dois Córregos precisa se atualizar.
Ainda segundo Alex Parente em sua gestão como presidente em 4 meses ele conseguiu economizar se comparado com a presidência passada no mesmo período, um montante em aproximadamente 43 mil reais.
Alex Parente explicou que adequação e correção no quadro vigente de funcionários visa atender a orientações dos órgãos de controle como Tribunal de Contas e Ministério Público e que será instituído plano de emprego e carreira mediante avaliações periódicas dando assim oportunidade de crescimento profissional para os funcionários.
Concurso Público:
Haverá processo de contratação de 3 vagas que serão abertas em concurso público.
Salários:
A proposta para aumento de salários dos servidores da câmara, “Vamos propor um aumento no valor de mil reais para cada servidor concursado, mesmo assim o salário se comparado com a região é um dos menores ainda e não haverá aumento nos gastos do legislativo, pois vamos suprir com os valores com a diminuição dos cargos de confiança” esse aumento será enviado para o executivo após passar pela câmara.
O projeto será votação na próxima segunda-feira dia 29 de maio dependendo apenas dos vereadores para sua aprovação e a população está convidada em nome dos vereadores para que seja esclarecido todos os pontos.
Devolução para o executivo:
Alex parente assegura ainda que mesmo com a reestruturação a população pode ficar tranquila que os valores repassados para a câmara são de uso estrito do legislativo “Algumas pessoas estão dizendo que com a mudança não vamos conseguir devolver dinheiro para o executivo e não vai ter vale alimentação, isso é uma mentira o dinheiro do executivo é de uso do executivo, o do legislativo é para usar apenas na câmara e se sobrar dinheiro no final do ano é claro que vamos devolver” disse o presidente. A proposta de aumento do salário do legislativo depende dos vereadores e o aumento dos funcionários públicos depende de proposta do prefeito, muitos servidores tem questionado nos últimos dias alegando que a câmara deveria propor o aumento para todos os servidores o que não é possível.
 


Esta matéria teve 19 visitas até agora. Data da publicação: 05/06/2017

Publicidade