09-06-2017 Editorial: Momento de celebrar

 Quando Jesus morreu crucificado para nos salvar e ressuscitou no terceiro dia, pediu para que os fiéis celebrassem essa recordação. O corpo e o sangue de Cristo é o que mantém viva e alimenta a fé no Senhor. 

Muitas pessoas se dizem religiosas, mas poucas de fato têm conhecimento dos ensinamentos que Jesus nos deixou. E não é só isso, não sabem dos exemplos e nem dos pedidos que nos fez. 

Ele entregou a própria vida para nos salvar. E o que nós fazemos em retribuição? E esse retorno não é só com relação à fé e à dedicação à igreja, mas também com o próximo. 
Como você se relacionou com as pessoas hoje? Pare e reflita. Talvez não reparamos por causa da correria do dia a dia, mas muitas vezes tratamos mal algum colega de trabalho, alguém com quem trombamos na rua, um atendente, o companheiro em casa, o filho, o irmão, o pai, a mãe, e por aí vai. 
Os bons exemplos que Deus nos deixou devem ser seguidos em todas as instâncias de nossas vidas. Na nossa vida pessoal, na social e na religiosa, sem pisar na bola em qualquer circustância. 
Não temos o direito de cobrar Jesus, por inúmeros acontecimentos em nossas vidas, se nem ao menos nos esforçamos para seguir os caminhos que Ele nos mostra como correto. 
Se quer ter uma vida guiada por Cristo, seja exemplo para todos. E a bondade está nas coisas mais simples e nas ações mais básicas da nossa rotina diária. Agradecer mais e pedir menos, esse deve ser o nosso legado.


Esta matéria teve 16 visitas até agora. Data da publicação: 21/06/2017

Publicidade